Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 21 de novembro de 2010

SOMOS A CRIAÇÃO DO PAI ETERNO

Chamamos-te "Homem em Construção", pois és um projecto histórico ainda não acabado.
És uma fonte permanente de novidade a acontecer.
Emerges de modo único e irrepetível no concreto de cada pessoa.
Emerges como um rosto com duas faces: masculinidade e feminilidade.
À medida que emerges concretizas-te em pessoas livres, conscientes e responsáveis.

És a imagem perfeita da Divindade, três pessoas em comunhão amorosa.
Como imagem de Deus, levas em ti as impressões digitais do Criador.

Surgiste na marcha da Criação como manifestação de um desejo expresso de Deus.
Com o seu jeito maternal de amar, o Espírito Santo imprimiu em ti uma fome infinita de amor e comunhão.
Antes de te criar, o Criador fez aparecer tudo aquilo que era essencial para existires e te realizares.
Isto quer dizer que Deus te amou ainda antes de existires.
Por outras palavras, Deus não esteve à espera que fosses bom para gostar de ti...

Ainda antes de seres uma Humanidade acabada e perfeita Deus fez uma aliança de amizade contigo.
O teu aparecimento nesta Terra bonita, generosa e fecunda representa o cume da evolução da vida.
Antes de apareceres já havia cores, sons, ritmos, pios, urros e cacarejos.
Só que Deus ainda não tinha seres com densidade pessoal
capazes de fazer uma aliança e comungar com o Criador.
 
Mas quando a evolução atingiu o limiar da humanização,
o Espírito Santo, com sua ternura maternal,
entrou no interior do barro e deu início ao processo da humanização.
E foi assim que o barro primordial do qual saiu Adão se tornou barro com coração.
"Barro com Coração" é o ser humano capaz de eleger o outro como alvo de bem-querer,
aceitá-lo como é e iniciar a marcha da fraternidade universal.
 
O barro com coração torna-se Humanidade,
comunhão orgânica de pessoas em tudo semelhante à Divindade.
Como a Divindade é pessoas e a Humanidade também, já pode acontecer comunhão humano-divina!
 
Antes de a vida atingir o limiar da humanização, ainda não havia pessoas capazes de amar e fazer poesia.
Quando Deus pensou criar-te logo pensou fazer-te à sua imagem e semelhança.
Eis a razão pela qual Deus parou a marcha da criação
a fim de sonhar o teu projecto de pessoas com interioridade espiritual.
 
Humanidade: por agora, ainda és o Homem em construção.
Mas quando chegar a Plenitude farás parte da Comunhão Universal
cujo centro é a comunhão familiar da Santíssima Trindade.

Deus sonhou-te para a reciprocidade e a comunhão.
É por esta razão que a pessoa apenas se possui e realiza plenamente na comunhão com os outros.

Apesar de ainda seres o Homem em construção, já fazes parte da Família Divina.
Com efeito, pelo mistério da Encarnação o divino enxertou-se no humano, a fim de este ser divinizado.

Eis a razão desta fome infinita de plenitude que nos habita e que só o amor pode preencher.
Enquanto vives na História, és o Homem em construção:
a criança é uma pessoa iniciada, mas longe de estar concluída.
O jovem ainda não teve tempo para chegar longe na densidade da sua realização.
Nem o adulto se pode arrogar o título de homem plenamente construído.
Estão todos ainda em construção.

Apesar de seres ainda um Homem em construção,
já pertences à cúpula personalizada da criação,
pois és milhões de pessoas, formando uma comunhão universal.
 
A tua vida pessoal, unida às pessoas humanas e divinas, forma a Nova Galáxia da Vida Personalizada.
Eis razão pela qual pertences à esfera da transcendência.
Com efeito, transcendes o Universo, tecido infinito de dinamismos e interacções,
mas que não são pessoas em relações amorosas.
 
És proporcional a Deus. Por isso já fazes parte do grande Oceano da Comunhão Universal.
Começas por ser um leque de possibilidades.
Depois, tornas-te realidade na medida em que te vais construindo.
 
Fazes-te, fazendo; realizas-te, realizando.
Não és igual ao que dizes, mas sim igual ao que fazes.
Começaste com o homem primordial e continuas como Humanidade única a acontecer.
Em cada pessoa és uma novidade a emergir.
Mas como pessoa, a tua plenitude só se encontra e possui na comunhão.
 
Fora da Comunhão do Reino de Deus apenas existe a perdição.
Perder-se significa ficar fora da galáxia da Comunhão Universal.
Apesar de ainda estares em construção, a tua vida é já vida maiúscula,
pois emerges como interioridade pessoal-espiritual
a convergir para o face a face da comunhão com Deus.
 
Quem não facilita a tua génese não está em sintonia com a acção de Deus Criador e Salvador.
O ponto mais alto da tua emergência pessoal é Jesus de Nazaré.
A tua cúpula é Jesus de Nazaré, o fruto mais amadurecido em humanidade.
No seu íntimo o Humano e o Divino formam uma união orgânica e dinâmica,
fazendo um, mas sem se confundirem nem fundirem.
 
És o Homem em construção. Isto quer dizer que és um poema ainda não plenamente declamado.
Em Cristo ressuscitado entraste na plenitude dos tempos, isto é, na fase dos acabamentos.
Na verdade já levas em ti a Água Viva, isto é, o Espírito Santo
que faz emergir uma torrente de Vida Eterna no teu íntimo (Jo 7, 37-39).
 
Tu és a menina dos olhos de Deus.
Com a marcha da humanização começou a emergir no teu íntimo a vida espiritual.
Por seres Homem em construção não nasceste feito nem te fazes de uma só vez.
Nasceste para renascer, através do Espírito Santo!
 
Então, coragem, porque Deus está contigo!
 
Em Comunhão Convosco,
Calmeiro Matias
 
OBS:Gênesis 1
1 No princípio, Deus criou os céus e a terra.
2 A terra era [um] sem forma e vazia, havia trevas sobre a face do abismo e o Espírito de Deus pairava sobre as águas.

3 E disse Deus: "Haja luz", e houve luz. 4 Deus viu que a luz era boa, e separou a luz das trevas. 5 Deus chamou o dia "light", e às trevas chamou " noite ". E houve tarde e houve manhã, primeiro dia...
 
 
 
Quem sabe um dia aqueles que perderam, a fé em CRISTO JESUS ou que nunca NELE creram sejam transformados pelo poder do ESPIRITO SANTO DE DEUS PAI .
,ISSO EU ESPERO POIS O MEU DEUS É MARAVILHOSO E GRANDE É SUA MISERICORDIA ,ENFIM "DEUS É AMOR..
DE ALDA MONTEIRO TOLEDO(HADASSAMGT)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"UM AMIGO DESEJÁVEL É SOCORRO EM TEMPO DE DIFICULDADES"