Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 13 de março de 2012

Um Coração que Escuta, Aprende e Anuncia

Um Coração que Escuta, Aprende e Anuncia

Ao realizarmos o retiro em preparação para nossa admissão ao postulantado, perpassamos refletindo as três instâncias do título desta matéria.
Bem sabemos que em nossas vidas temos muitos momentos de felicidade e outros de tristeza, obviamente isto é o comum de toda vida humana. No entanto, o mais importante dentre estes momentos que passamos, é como nosso coração e nosso ser se encontra enfrenta estas situações.
E você? Como seu coração se encontra neste momento meu amigo?
Feliz, ou triste, ansioso ou calmo, inquieto ou quem sabe magoado?
Bom segundo as Escrituras, Deus nos criou por amor, e por amor sempre falou ao seu povo pelos profetas conduzindo-os com carinho, este amor é tão grande que para nos salvar do pecado enviou-nos seu filho Jesus.

O fato é que se Deus demonstrando tanto carinho por nós, sempre nos revelou que nos quer bem, porque ainda insistentemente passamos nossa vida sem prestar ouvidos as suas palavras de amor?
A proposta de Deus é clara: “Se alguém quer vir após mim, renuncie a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me.” Mc. 8, 34b
Ora nesta passagem cristo deixa-nos livres para segui-lo, mas se optarmos pelo sim, é necessário que escutemos suas palavras, e delas aprendamos para que enfim possamos anuncia-las a outros.
Como já disse em outro post neste blog, encontra-se com Cristo requer mudanças. Não há como encontra-se com Ele e não sair diferente. E uma vez que dentro de nós as coisas começam a mudar, consequentemente vamos anunciar as maravilhas do Senhor, com palavras e com nossa vida.
Contudo, para seguirmos Cristo temos que aceitar nossas limitações, problemas e dificuldades, ou seja, a Cruz. Aceitamos nossa cruz, tomamos ela em nossos ombros e o seguimos. Ou seja, o ‘seguir’ Jesus é justamente transformar-nosem outro Cristo, que aceita sua cruz por amor, e luta para ser cada dia melhor. Cristo dia após dia testemunhava com sua vida como ser um homem gradativamente livre e melhor.

Em nossa realidade seguir, pois, a Cristo, é escutar suas palavras, escutar seu coração que fala através da própria Palavra e também através dos rostos desfigurados de nossos irmãos que necessitam de ajuda e amor.
“Todavia, sede praticantes da palavra e não meros ouvintes, enganando-vos a vós mesmos.” Tg 1, 22.
Para praticar a palavra devemos absorver o conteúdo dela primeiramente, ou seja, aprender do Coração de Jesus como agir: “Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração” Mt 11, 29A.
O próprio Jesus nos convida a aprendermos d´Ele.
E assim poderemos enfim imitar sempre o Cristo, pois nossa medida deve ser sempre Ele. Aprendendo com Ele então aos poucos poderemos enfim anunciar sua palavra, muito mais que com nossos lábios, mas com nossa própria vida.
Não é possível testemunhar o Cristo se nós não temos um coração que está em constante oração para se transformar, muito menos se ele não for um coração aberto para escutar, aprender e anunciar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"UM AMIGO DESEJÁVEL É SOCORRO EM TEMPO DE DIFICULDADES"